Wagner Moura eterniza a Legião Urbana, com louvor.

Nossa, como faz tempo que não apareço por aqui. Correria do dia-a-dia que eu ainda não aprendi a driblar. Mas uma hora a gente chega lá.

Eu só não podia deixar de vir aqui e comentar um dos acontecimentos que marcaram a última semana e que, com toda a certeza, se tornará um marco para os fãs da Legião Urbana: Tributo à Legião Urbana com Dado Villa Lobos, Marcelo Bonfá e Wagner Moura. A banda completaria este ano 30 anos de existência e foi homenageada pela MTV que convidou Wagner Moura para a dificílima tarefa de interpretar as canções eternizadas por Renato Russo. Os shows aconteceram nos dias 29 e 30 de maio no Espaço das Américas, em São Paulo.
Eu fiquei sabendo desse show há mais de dois meses e tentei de todas as formas ir. Por ser um Tributo à banda que embalou minha adolescência inteira e que ainda hoje me emociona e por ter como protagonista principal um dos atores que mais amo, que mais admiro e que mais acho lindo de todas as formas. Infelizmente, a grana estava curtíssima e não me permitiu estar presente nesse momento, que com toda a certeza, marcaria para sempre mais uma etapa da Legião Urbana.
Para muitos, o show foi um grande fiasco. Ou pelo Wagner que não cantou nada ou pela técnica de aparelhagem que estava muito ruim. Só que para mim, o show foi pra lá de espetacular!! Não assisti ao vivo no local, mas assisti a transmissão ao vivo no canal da MTV no dia 30, o segundo e último dia de show. Eu não sou crítica de coisa nenhuma, até porque acho que críticas só são feitas por pessoas que precisam provar alguma coisa pra si mesma, ainda que tenham que destruir o trabalho alheio. Mas o que posso dizer é que me emocionei do começo ao fim. Chorei, cantei alto, gritei, aplaudi, me sacudi, dancei... tudo do sofá da minha casa, ou melhor dizendo da cama do meu quarto. Wagner Moura arrebentou, arrasou, superou minhas expectativas... foi sensacional!!!! O cara aceitou uma proposta que, claro, receberia inúmeras críticas. Já começou com coragem e valentia. Depois, o cara se doou. Deu sangue, suor e lágrimas. Ensaios praticamente diários de horas e horas. Ele se entregou de corpo e alma. Um profissionalismo tremendo. Eu nunca esperei que ele cantasse como Renato Russo, até porque cantar como ele é quase impossível. Renato tinha uma coisa que era só dele e não tem como comparar. Aliás, comparar uma pessoa com a outra seja ela quem for já é um erro imenso porque todos somos únicos e incomparáveis, façamos nós o que for. Mas eu esperava que Wagner Moura fosse cantar e interpretar as canções com profissionalismo e só. Contudo, ele fez isso e muito, muito mais... era emoção pura. Era adrenalina, era paixão, era um fã enlouquecido por estar ao lado de seus ídolos e cantando as canções que sua geração cantou e vibrou e chorou. E ele chorou mesmo!!! Era só olhar pra ele e ver que ele estava super emocionado com a missão dada. E missão dada é missão cumprida. E muito bem cumprida. Penso que qualquer cantor que estivesse ali no lugar dele, como Dinho Ouro Preto, Herbert Viana, Arnaldo Antunes, Nando Reis, etc e etc não emocionaria tanto o público e os fãs como ele emocionou. Seria até óbvio demais convidar alguém que tivesse tido alguma relação com o Renato Russo. A MTV queria um negócio diferente. E conseguiu com louvor. 
Li muitas coisas a respeito das apresentações e praticamente todas condenaram a performance do ator e da técnica no geral. Ao meu ver, problemas técnicos podem acontecer com qualquer cantor ou banda, justamente por ser técnico. Mas são poucas as pessoas que lidariam com isso com tanto entusiasmo, emoção e comprometimento como eles todos fizeram. Foi tudo perfeito, lindo e marcante. Um show inesquecível... pra quem foi e pra quem, como eu, deixou de ir. Jamais me esquecerei desse dia. O dia que eu perdi :( Hoje continuo chorando de tristeza por ter perdido esse momento e de emoção por ter vivido na época de um gênio da música brasileira e do rock-pop nacional. Eu nunca assisti a nenhum show da Legião Urbana. Nunca. Era novinha demais e meus pais nunca me deixaram ir nesses shows de rock. Por rolar muita briga, muitas drogas, muita baderna. Mas acho que nunca fiquei tão triste de não ter ido a esses shows da Legião como fiquei de não ter ido a esse Tributo. Só que de uma coisa eu posso ter certeza, a emoção que senti vendo o Wagner cantar junto do Dado e do Marcelo foi infinitamente superior a emoção que sentia lá atrás.... justamente, talvez, por estar ouvindo novamente músicas que formaram a minha adolescência, músicas que embalaram meus amores, minhas tristezas, minhas alegrias, minhas rebeldias, minhas amizades, meus sonhos..... 
Wagner Moura, você foi show. De talento, de amor, de paixão, de emoção, de superação, de comprometimento, de doação, de carisma. Você foi espetacular. Você conquistou ainda mais a minha admiração. Nota um bilhão pra você.
E o resto, é só resto. Qualquer comentário ou observação pejorativa não passa de mera dor de cotovelo, de despeito. Deleta. "O caminho é um só". "Força sempre".

Abaixo, alguns vídeos sobre o momento histórico:






Até a próxima.






3 comentários:

Sonica disse... [Responder o Comentário]

Nossa Fabi, que bom te ver novamente! Há qto tempo, menina, e que post apaixonante! Fico feliz em saber que é só correria o motivo de sua ausência!
bjs,

Carlinha Mielitz disse... [Responder o Comentário]

Oiiiii que saudades hein!

POis é foi o papo do momento só dá eles na MTV. beijos

Adriana Roos disse... [Responder o Comentário]

Beijo Fabi, vc demorou desta vez pra voltar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...