O vazio, o nada, o branco. Essa é a minha vida.

Boa noite a todos os meus fieis seguidores e leitores.
Estou há dias ensaiando um post, mas acho que estou sofrendo de algum tipo bloqueio. Não consigo pensar em nada pra escrever. Nenhum assunto, nenhuma novidade, nenhuma história engraçada ou curiosa... nada, nada, nada. Minha cabeça está tão vazia quanto a minha carteira!!! Ou melhor dizendo, acho que minha vida está vazia. Eu estou vazia.
Ultimamente estou me sentindo exatamente dessa forma: vazia, fria, sem alma, sem vida, sem interesse, sem amigos, sem perspectiva pra nada. E vou falar que é horrível se sentir assim. Engraçado que ao mesmo tempo que me sinto assim, na minha cabeça passam tantas e tantas coisas que não consigo dar conta dos meus pensamentos. É tão paradoxo.
Há tempos que tenho questionado sobre minha vida, sobre minha existência, sobre as coisas que tenho e que deixo de ter, sobre os meus merecimentos. Tem horas que me pergunto quando tudo isso começou. Não consigo me lembrar de ter sido assim na minha vida. Lembro de ter sido uma pessoa tão alegre, feliz, amiga, confidente, leal, sentimental. Lembro de algumas vezes ter sofrido algum tipo de rejeição. Na escola, com os amigos. Às vezes, era deixada de lado. Nem lembro por qual motivo e também agora não vem mais ao caso. Lembro que brigava com meus pais por não me deixarem sair ou dormir na casa de alguma amiga ou de viajar, mas não lembro de ter sofrido desse vazio antes.
Eu hoje me olho no espelho e não gosto do que vejo. Além da aparência envelhecida e feia, vejo uma pessoa que não reconheço. Uma pessoa sem graça, sem atrativo nenhum, sem emoção.
Já pensei em depressão, mas acho que não é o caso. Já tentei conversar sobre isso com algumas pessoas, mas o assunto é sempre desviado. As pessoas não prestam muita atenção no que eu falo. Acho que por isso eu gosto tanto de escrever. É o único momento que consigo me expressar com clareza e concluir o que sinto, o que penso, o que quero. Mas eu também devo ter minha parcela de culpa. Eu não consigo nem colocar prioridades na minha vida, como vou conseguir fazer com que alguém note alguma coisa em mim ou que alguém se interesse por algo que tenho a dizer??? A verdade é que minha vida parece um branco, um vazio, um nada. Sinto-me sozinha. Tenho marido, tenho uma filha que é a razão da minha existência, tenho pais maravilhosos, tenho um irmão que admiro demais, uma cunhada doce, amiga, companheira, tenho amigos... mas parece que não tenho ninguém.
Por que será que isso acontece? Será que todos passam por essa fase? Será que isso é alguma coisa relacionada com a idade?
Como viram, tenho muitas perguntas e nenhuma resposta.
Bom, não vou me estender mais. Esse é um assunto muito chato, muito patético e ninguém precisa ler sobre isso. Deixo a promessa de no próximo post escrever um texto alto astral pra compensar a deprê deste aqui.

Grande beijo em todos e bom resto de semana.

8 comentários:

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse... [Responder o Comentário]

oI fABI!! AIIIIIIIII,gostei de ver vc tristinha assim nesse post nao!! ;-(
espero que tenha passado,afinal senti uma energia boa no seu recadinho la no blog!!! ;-)
espero que sim!!! olha, eu tb nunca ganhei nada em blog nehum,essa foi a 1 vez,acredita???
e olha que eu me meto em todos os sorteios...kkkkkkkkkkk....
Obrigada pela visitinha..eu que tenho andado sumida,né??

desculpa,vou tentar postar e visitar mais frequentemente!!!
beijos,otima semana !!!!!!!!!
( e quero ver o proximo post com vc dizendo que esta feliz ,daquele jeito igual a da sua foto do perfil do teu blog!!! que me passa a maior energia boa quando olho p ela e vejo sua alegria!!!)

didimar1 disse... [Responder o Comentário]

Hoje, pela primeira vez, visito o seu Blog. Li o texto que vc escreveu (li-o duas vezes, atentamente) e não posso sair sem aqui deixar algumas palavras.
Muitas pessoas sentem a mesma ausência de sonhos,de projetos...Será isso? Por que se sente tanta nostalgia? Pior que sentir tanta angústica é não saber exatamente o porque.
Grande abraço,
Dylia

duilio disse... [Responder o Comentário]

CARA FABIANA
CALMA,MUITA CALMA.TUDO PASSA E ISSO ACONTECE COM TODOS,QUANDO PASSAMOS POR ALGUMA SITUAÇAO DIFICIL,E COMIGO NAO E DIFERENTE NESSE MOMENTO.DEVEMOS ISSO SIM TOMAR CUIDADO PARA NAO ENTRAR EM DEPRESSAO.TENHA FÉ,MUITA FÉ QUE LOGO,LOGO,VOÇE ESTARA SORRINDO NOVAMENTE.
ABRAÇOS DO AMIGO
DUILIO

Dedinhos Lambuzados disse... [Responder o Comentário]

Lindinha, deve ser uma fase. Não vou dar uma de terapeuta, mas tem épocas da nossa vida que isto acontece, e não sabemos explicar. Mas lhe afirmo que "isto também passa" (conhece esta história ? é linda!). Uma possibilidade é você colocar uma meta legal a ser alcançada- aprender uma coisa nova, por exemplo. Uma coisa que não seja obrigação, só curtição !
´Dá uma passadinha lá no http://tecendo-historias.blogspot.com a Betty tem sempre uma coisa legais, e quem sabe pode ser uma injeção de ânimo !
Adorei a visitinha e vim aqui para retribuir. Realamente tivemos muitas "visitas" e foi especial. Acho que a idade vai fazendo a gente querer voltar a ser criança ( acho que nunca deixei de ser, rsrsrsrs !)
E nada de tristeza...um bom banho, perfume, roupa bonita, e cabeça erguida ! Um passeio no parque, olhando as pessoas passarem pode ser um tremendo remédio !
Um beijinho carinhoso, Mammy

Fabi LV disse... [Responder o Comentário]

Olá, Dylia. Tentei responder ao seu comentário, mas não consegui. Muito obrigada por acessar o meu blog, ler meus textos e comentar. Adorei o seu comentário. E penso sobre isso tb. Sou muito nostálgica e tb fico me perguntando pq de tudo isso. São respostas que ainda não tenho, mas estou buscando.
Muito obrigada pelo seu comentário e pela sua participação. Espero te ver mais vezes por aqui. Abraço da Fabi

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse... [Responder o Comentário]

oieee de novo..fiquei feliz em saber q vc ficou mais feliz!!!!!
;-)
a vida tem dessas mesmo..as vezes tenho dessas...fico achando minha vida uma m..., meu emprego uma porcaria,de salario idem,rsrs..e fico achando q podia mudar tanta coisa...mas ai afasto logo esses pensamentos p longe,pois se deixar a gnt cai na fossa meeeesmo!! por isso,vamos lá: levante a cabeça, olha p sua filh, p sua familia, sua vida e sorriaaaaa!!;-)
não quero saber de vc triste assim,rsrsrs!!!
Beijos, e uma otima sexta( jáaaa???)pode deixar, q vou vir sempre aqui..é q o corre corre ta fogo, essa semana passei 6 dia sem nem entrar na net,aff!!!
bjão!!
;-)

Sonica disse... [Responder o Comentário]

Fabi querida,
assustei-me com esse post...vc passa uma coisa tão gostosa, e de repente leio algo assim, tão diferente de vc...
Menina, menina...isso é uma fase que já deve estar passando, não é mesmo???????
Beijinhos,

RENATA RZ disse... [Responder o Comentário]

Oi Fa!

qué isso mocinha!!!
O importante é saber que TUDO PASSA nessa vida!

De minha parte posso te garantir: eu tb já me perguntei muitas vezes: "qual é a razão do meu viver?"

Temos que tentar ser como as crianças, que procuram ser alegres e felizes o tempo todo!
(estou falando isso também para a mal-humorada aqui)

espero que já tenha passado o "vazio"...

beijinhos green

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...