Cupcake - primeiro a tensão, depois a recompensa :-)

O post de hoje tem um significado muito importante pra mim. Não que os outros não tenham (todos são parte de mim e são importantes), mas este aqui é diferente. É a concretização de uma vontade, de um desejo. E tudo aquilo que conseguimos concretizar é especial.
Bom, conforme eu havia comentado no post anterior, eu fiz ontem a noite os 'cupcakes' para serem levados para a quermesse da Paróquia que frequento!!!! E pra mim ter conseguido fazer isso do começo ao fim foi genial =)
Eu sempre tive vontade de fazer muitas coisas, mas só ficava na vontade. Nunca partia pra cima e colocava a mão na massa. Era aquela coisa de ter a vontade, pensar no assunto, mas não seguir adiante. Dessa vez foi pra valer. Algo mudou e tem mudado constantemente em mim. Acho que estou ficando velha e não posso mais deixar as coisas pra lá e esperar que elas aconteçam por si só. A iniciativa tem que partir de mim e de mais ninguém. É assim que as coisas são.
Fui atrás de todos os ingredientes e utensílios necessários para ter um verdadeiro 'cupcake'. Peguei várias receitas na internet e escolhi uma para fazer. Pensei que seria bem fácil, pois seria como fazer um bolo qualquer e decorar. Gente, vocês não tem ideia da aventura que foi. Infelizmente não filmei porque estava só com minha filha em casa e ela não tem muito jeito pra isso ainda (quebrou uma máquina uma vez quando deixou cair no chão :-/). Mas vou relatar aqui toda a 'tensão' e a experiência pela qual passei.
Pra começar, separei todos os ingredientes que ia usar para fazer a massa. Minha cozinha é super pequena, de modo que não tem muito espaço pra duas pessoas transitarem no mesmo local. Eis que minha filha resolveu me 'ajudar'! Deixei, pois achei que seria fácil. Não foi fácil não. Escolhi uma receita de baunilha para fazer. Eu media os ingredientes e a Pequena colocava na batedeira. Até aí, tranquilo. Estava na paz e feliz. Liguei a batedeira para misturar tudo. Tranquilo. E a Pequena do lado. Quando desligo a batedeira, 'tcharam'... A massa estava assim, estranha. Não estava com um aspecto de massa de bolo. Como nunca tinha feito o tal do 'cupcake' e nem visto como era (o curso que farei é só na terça-feira, mas não queria esperar), achei que tinha algo errado. Ela estava com umas bolinhas esquisitas, esbranquiçadas. Experimentei. Estava boa. Resolvi colocar pra assar. Meu forno do fogão está meio ruim. Ele simplesmente desliga do nada. Já perdi muito bolo assim. Resolvi não usá-lo mais. Assei no forno elétrico. Coloquei as forminhas de papel dentro da forma própria para os bolinhos e torci pra dar certo. Deu, em partes. A massa não cresceu tanto quanto imaginava que cresceria e alguns queimaram no fundo. Resultado: de oito restaram quatro. Não aprovei a receita. Descartei. Peguei uma outra que era de chocolate e comecei o processo novamente. A Filhota estava lá querendo ajudar. Eu como já estava nervosa pelo fato da receita não der dado muito certo, fiquei mais nervosa ainda. Tensão total. Estava fazendo algo que seria para outros comerem!!! Tem noção do que é isso??? Eu sou péssima na cozinha, não faço nada direito. Que tinha eu na cabeça de resolver fazer os bolinhos pra levar na quermesse pra vender pra outras pessoas comerem. Marido ainda estava em casa nessa hora e foi ver o que estava acontecendo. Viu, provou, gostou, mas falou: "Você precisa ter muito cuidado pra fazer essas coisas pra vender. Acho que nessa receita tem muita manteiga, por isso ficou desse jeito". Eu ouvi: "Isso está horrível, ninguém vai comer e se comer vai passar mal". Deprimi =( A Filhota que estava em cima querendo ajudar foi quem levou a pior: dispensei nos gritos!!! Saiu chorando sentida. O coração da mamãe aqui quase quebrou. Mas estava começando a ficar muito nervosa. Tinha começado o negócio e não ia parar até chegar ao fim. Não podia parar. Era uma questão de honra pra mim. Parei um momento e orei. Fiz a "Invocação do Espírito Santo", rezei uma "Ave-Maria" e comecei tudo de novo. Só que antes de tudo, resolvi mexer no forno pra tentar fazê-lo funcionar. E não é que ele funcionou mesmo!!!! E não desligou!!! Pronto, era mesmo pra eu ir até o fim. Comecei a fazer a receita de chocolate que peguei no blog Casa Com Decoração e pra minha felicidade deu certo. A massa ficou com o mesmo aspecto da outra, mas assou bem no forno convencional e não queimou nada. Ficou fofinha, bem macia. Muito boa mesmo. Acho que o aspecto esbranquiçado é por conta da quantidade de manteiga que vai. Não deve ter outra explicação. Taí uma pergunta que farei no curso!!!
Feito os bolinhos, fui dar início a decoração. Vou dizer que essa parte foi a mais divertida, mas a mais cansativa também. Nessa parte a Filhota voltou querendo ajudar e adorou!!! Mexi com pasta americana e glacê real. Que coisa gostosa!!! Primeiro foi a pasta. Alisei com um rolinho bem lisinho usando açúcar de confeiteiro para não grudar. Com um cortador fiz os círculos e coloquei em um por um, óbvio!!! Esse eu deixei a massa branca mesmo, mas nos próximos já estou pensando em colorir!!! Depois foi a parte do glacê. A parte que mais fez sujeira (eca). Usei um pó pra glacê real que era só misturar água. Mole-mole. Coloquei nos saquinhos de confeiteiro e comecei a aplicar.... só que ele ficou líquido demais e foi desmanchando quando colocava no bolinho. Fazia o desenho bonito e no segundo seguinte estava um borrão só. Fui mudando as cores e deixando o glacê mais firme a cada aplicação. Conclusão: no último bolinho, achei a textura exata!!! Já sei como fazer no próximo.
O caso é que gostei mesmo da brincadeira. Tirando todo o nervoso e a tensão do começo, foi bem divertido. E bem demorado. Como sou meio atrapalhadinha, minha cozinha é pequena e por falta de experiência (tive que assar em várias etapas, parar várias vezes pra lavar a louça e deixar espaços livres) levei umas boas horas fazendo tudo. Mas foi muito gratificante. Ver o resultado, ainda que não tenha ficado muito bem trabalhado, foi muito empolgante. Senti que sou capaz de fazer isso e qualquer outra coisa. o segredo está mesmo no querer. Quando queremos uma coisa, ela acontece.
Agora, o 'Cupcake' da Fabi.




Espero que esses 'cupcakes' possam alegrar a todos.
Depois conto se a saída deles na quermesse foi boa!!
Beijos e tenham um ótimo fim de semana.


14 comentários:

Aline Cuerci disse... [Responder o Comentário]

Nossa ficaram lindos...
espero que saia bastante. *-*
bom fim de semana amiga!

Katima disse... [Responder o Comentário]

Oi, Fabi.
Seus cupcakes ficaram lindos, e deve estar uma delícia.
Tenha um ótimo fim de semana.
Kátima

RaiannyMesquita disse... [Responder o Comentário]

Que lindinhooooos! *o*
;*

www.so-beleza.blogspot.com

Estraga Prazer disse... [Responder o Comentário]

Ai Fabi, que lindos!!
Me deu água na boca e mais vontade de comer ainda porque eu sei que foi feito com muito amor. Parabéns!Acho que vou lá conferir... Saudades!! Bjs.

Dani Rodrigues disse... [Responder o Comentário]

Fabi,
Estão lindos e parecem deliciosos. Manda uns para mim por favor :0)

Se vc quiser eu te mando umas receitsa canadenses, ja que este povo aqui é super mega expert em cupcakes (cupcakes para eles é como brigadeiro para nós, não pode faltar em festa nenhuma!). Me avisa e eu te mando

Beijocas e continue fazendo, tá de parabéns!!

★★ GIZA ★★ disse... [Responder o Comentário]

OI AMIGA.
ESSE FIM DE SEMANA O AMOR IMORTAL ESTA COMEMORANDO 6 MESES. GOSTARIA DE TE AGRADECER POR TUDO E TE PRESENTEAR COM UM SELINHO ESPECIAL:
http://amorimortall.blogspot.com/2011/06/parabens-ao-amor-imortal-hoje.html
BEIJOS

Corina disse... [Responder o Comentário]

Eles ficaram lindos!!! Parabéns!! bjosss

Sonica disse... [Responder o Comentário]

Querida Fabi,
quanta energia boa nesse post!
E como ficaram lindinhos seus cup, depois de tanto esforço, valeu muito a pena! É como vc disse: tem que haver vontade e coragem!!!
Bj,

Viver um dia de cada vez disse... [Responder o Comentário]

Oi Fabí!

Que legal que você conseguiu, percebí no outro post a sua vontade de fazê-los. Pena que não fui na quermese para conferir o gosto.
Mas já estou cobrando: no dia do terço na sua casa vai ter cupcakes? Isto é no seu aniversário vai ter cupcakes?

Beijinhos amiga e fique com Deus.

A Designer de Joias disse... [Responder o Comentário]

Fabi amada do meu coração....só ao ler este seu post fiquei com os olhos cheios d1água de felicidade pela sua superação..Parabéns amiga.....vc sozinha conseguiu mandar pra longe tudo aquilo que estava te fazendo mal...e encontrou um novo prazer que pode te render algum dinheirinho e te possibilar uma nova fase na tua vida....
Parabénsssssssssssss
E Vida o Espírito Santo!!!!!!
Estou muito feliz por vc .....e com certeza este foi só o começo......
Uma nova Fabi nasceu apartir deste desafio superado.....
Bjossssssss

Renata disse... [Responder o Comentário]

Ficaram lindos seus cupcakes,eu consegui uma receita muito boa de chocolate,tem lá na minha pagina,foi tirado de um livro americano,e postado numa comunidade no orkut,por Demetrius,uma delicia,vc deveria experimentar.Uma massa facil e barata.

Bjus

Aline Cuerci disse... [Responder o Comentário]

ai que bom hein.
Fabi a MG apareceu na minha vida do nada mesmo, tem dois tipo de MG a adquirida (q foi a minha) e a congênita (pessoa q já nasce com ela); ela não tem cura, só se estabiliza com os remédios e dá a sensação de estar curada mesmo, mas a qualquer momento ou se abusar e deixar de tomar os remédios ela pode voltar sim. E tem pessoas q fazem a cirurgia, algumas dão certo e outras continuam a mesma coisa, no meu caso eu não posso fazer pq não tenho indicação e nenhuma alteração no timo e tenho respondido bem as medicações. \o/
é isso, dificil de entender e ngm conhece msmo.

David J. Pereira disse... [Responder o Comentário]

Boas!

Podes adicionar o meu blogue aos teus links sff?

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Obrigado ;)

A Designer de Joias disse... [Responder o Comentário]

Fabi querida, agora vc já sabe QUE PODE TUDO amiga.....risos....
Estou sempre torcendo por vc....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...